Documentários

Seaspiracymar vermelho (Netflix) – retrata a situação dos oceanos que estão sendo depósitos de lixo, matando sua biodiversidade, e onde se pratica a pesca predatória sem qualquer controle das autoridades competentes.

O Dilema das redes (Netflix) –  sobre os perigos que a massiva coleta de dados pelas redes sociais e aplicativos podem causar aos usuários individualmente e enquanto sociedade.

Filmes

O Contador (Netflix) — Filme para diversão. Muita ação, com vários clichês.

Cargo (Netflix) — Zumbi que traz uma abordagem diferenciada, menos terror e mais drama.

Herança de Sangue (Amazon) — Para quem curte filme que tem vingança. Há surpresas para quem crer em um enredo comum.

The Gift (Netflix) — Suspense / terror que não é trash.

Seven (Netflix) — David Fincher dirige este filme clássico. Embora um pouco pesado, o enredo é excelente.  

O Pacto dos Lobos (Amazon Prime) — A esquesitice quase sempre é bem-vinda. Filme francês, que se passa na própria França, no período iluminista.

Entre Facas e Segredos (Amazon Prime) — Bom. Divertido, bem produzido e inteligente.

Bastardos Inglórios (Amazon Prime) — Quentin Tarantino em cena. Reescreve a história contanto uma versão sanguinária e vingativa de como os nazistas perderam a segunda guerra mundial. Para quem gosta de filme de guerra.

Amnésia (Amazon Prime) — Muito bom. Um filme que pões tico e teco (os dois lados do cérebro) para funcionar.

Clube da Luta (Amazon Prime) — Um clássico. Não é um filme leve. Niilismo dar as caras aqui, para quem não gosta, não assista. É um filme de drama psicológico.

The post — Baseado em uma história real. As verdades da guerra do Vietnã oculta pelo governo estadunidense. Alguns jornalistas, desafiando o governo, trouxe informações para a população. Destaque: o diretor é o Steven Spielberg. Vale a pena assistir.