Que coisa, hein?! Já não bastasse a capacidade racional dos seres humanos, agora eles proíbem, através de lei, que pessoas não podem morrer. Pois é…este fato ocorreu em uma cidade italiana, Falciano de Massio.
Pacata cidade com, aproximadamente, 3.700 moradores tem em suas leis uma bem inusitada. Proibi as pessoas de morrerem naquela cidade pois não há cemitério para receber os corpos. O decreto faz as seguintes observações:
“não há cemitério em Falciano del Massico, que tem cerca de 3.700 residentes. Como a cidade está tendo problemas com um município vizinho, que possui cemitério, ficou sem ter onde enterrar os seus mortos, contou a agência AP”.
Dá até para imaginar como seria interessante morar lá…Como está proibida a morte de pessoas, então, e enquanto durar o decreto, ninguém poderia morrer. Neste caso, se eu for para lá duraria até o enquanto a lei vigorar. Bom…é caso pra se pensar (aliás, pouco).
Mas, como toda lei é possível ser violada, e segundo consta informação de um blog (o Globo), do qual li sobre o assunto, dois idosos já morreram desde que o decreto foi promulgado. 
Desta forma, só resta agora prender os dois idosos que morreram já que os dois indivíduos burlaram (ou mesmo, violaram) a lei.
Que assim seja!